.
Onde me perco nas fantasias que me assolam a mente....

.

3 de julho de 2007

Suor

Vês como estou a suar?
É de tanto te esperar...
É um doce calor que me fará rebentar assim que finalmente entrares....
Doçura!
Prazer!
Não faças o tempo correr nunca mais depois.
Deixa-te ficar em mim até me sugares toda...
Com a língua.
Com as mãos...
Com o teu sexo...
Contigo!

2 comentários:

Fallen Angel disse...

É impossivel... há fontes que nunca secam... Beijo.

helena disse...

Entrega fabulosa!
Gostei!