.
Onde me perco nas fantasias que me assolam a mente....

.

29 de maio de 2007

Calor

Deixo-te entrar em mim
Arranhar-me por dentro até sangrar todo o meu desejo
E depois o engolir de um só trago.
Só assim saberás da dificuldade das noites
Em que sozinha te imagino
E a cada toque meu em mim
Sinta
O teu respirar
O teu cheiro
O teu corpo inteiro
O teu suor quente
A tua pele macia de tanto esperar.
Por mim.
Por nós.

3 comentários:

João Marques disse...

Sorte do homem que te tiver!

Anónimo disse...

Sente-se desejo!
Sente-se paixão!

Força Louca, aproveita!

Fallen Angel disse...

Toca-te consciente que ficarás inconsciente se for eu a tocar-te...


;-)

Beijo.